fbpx

Você já sabe o que é e-mail marketing? Descubra agora o segredo dos top afiliados e faça vendas todos os dias.

O e-mail marketing é uma das abordagens mais utilizadas no marketing digital e que sem dúvida é fundamental para a conversão escalada de vendas.  Essa estratégia consiste em disparar e-mails para um público pré-selecionado, geralmente utilizando uma lista de e-mails.

Porém, criar uma lista de e-mails que garanta a conversão das vendas de forma quase que automática não é tarefa fácil, por isso na postagem a seguir, eu vou passar algumas dicas fundamentais para o e-mail marketing.

Entretanto, antes de qualquer coisa, precisamos entender um pouco mais profundamente o que é essa ferramenta e o que ela é verdadeiramente capaz de fazer quando utilizada da maneira correta.

O que é o e-mail marketing

Como eu já ressaltei nos parágrafos acima, o e-mail marketing é uma das estratégias de marketing mais fundamentais para o sucesso de um afiliado.

Essa estratégia é baseada na comunicação entre o afiliado e seus leads, isto é, uma parcela do público alvo que comprou o produto ou ao menos se mostrou interessado.

Tal comunicação é feita por disparos de e-mails geralmente de forma automatizada com a utilização de “robôs”, essas ferramentas específicas para o disparo de e-mails permitem que os e-mails sejam personalizados com o nome de cada lead, trazendo uma proximidade muito maior com o público alvo.

Sem dúvida alguma você já deve ter recebido algum e-mail disparado por esses robôs, geralmente contendo ofertas, promoções ou até mesmo lembrando você de comprar alguma coisa.

Isso é bastante comum, afinal, faz parte da rotina de qualquer empresa entrar em contato com seus clientes ou leads.

Como o e-mail marketing começou

Infelizmente, assim que o e-mail marketing surgiu, passou bem longe de ser considerado como algo eficaz para a conversão de vendas, muito pelo contrário. Ele já foi comparado com a mala direta, um modelo antigo de propagandas enviadas pelas empresas através do correio.

Isso porque as empresas simplesmente dispararam milhares e-mails para praticamente qualquer pessoa, tornando todo o processo ineficaz e dando início a algo que hoje conhecemos como spam.

Mas isso mudou muito e o e-mail marketing evolui de forma rápida para se adaptar ao público. Hoje as estratégias de e-mail marketing trabalham exatamente para evitar o spam, por isso é tão importante criar uma lista de e-mails somente com as pessoas verdadeiramente interessadas.

Porque utilizar e-mail marketing?

Nos últimos anos, o grande enfoque do marketing digital têm sido as redes sociais, isso porque sua popularização ultrapassou de longe os e-mails.

Apesar de isso ser algo muito bom para a conversão escalada das vendas, afinal, as redes sociais são como grandes vias públicas que recebem o tráfego diário de bilhões de pessoas, o e-mail marketing ainda é a forma mais segura de manter contato com seus leads.

Pense comigo, desde que a internet se tornou popular, diversas redes sociais foram criadas e depois caíram em desuso dando lugar a uma nova.

Se proteja!

Absolutamente nada garante que isso não aconteça com o Facebook, Instagram, Twitter ou qualquer outra rede social popular hoje. Se você mantiver o contato com seus leads somente por essas redes sociais, estará correndo um risco extremamente grande de perder anos de trabalho.

O mesmo vale para quando você concentra toda sua estratégia de marketing nessas redes sociais, é muito mais seguro manter um site particular, onde você não precisa se sujeitar a regras e normas impostas por terceiros como acontece no Youtube e Facebook.

E acredite, são muitos os afiliados que caíram no erro de investir seu conteúdo apenas nas redes sociais. Mas calma, isso não algo tão ruim, principalmente se você estiver iniciando, entretanto eu aconselho que você crie um site próprio assim que possível.

Além de ser mais seguro implementar uma estratégia de e-mail marketing ao seu negócio, outros benefícios são:

Alcançar todos os leads da lista de e-mail

Quando fazemos uma postagem nas redes sociais, os algoritmos utilizados por elas fazem que nossa postagem seja mostrada apenas para algumas pessoas, geralmente as que mais interagem com as postagens relacionadas.

Isso significa que uma parcela enorme do público alvo simplesmente não têm acesso ao conteúdo publicado.

Mas quando utilizamos a estratégia do marketing de conteúdo que utiliza disparos de e-mail, todas as pessoas da nossa lista, ou seja, todos os leads são alcançados.

Totalmente personalizável

Um e-mail é basicamente uma página em branco onde você pode deixar sua imaginação fluir, trabalhando qualquer efeito visual, gatilhos mentais e estratégias de marketing de conteúdo que você quiser.

Dificilmente você terá essa mesma liberdade com as redes sociais.

Excelente custo benefício

Diferente de outras abordagens de marketing que utilizam uma grande quantidade de recursos, o e-mail marketing pode ser feita de forma totalmente orgânica, isto é, sem nenhum custo inicial.

Lembra que eu comentei sobre os “robôs” que disparam e-mail? Geralmente esse tipo de ferramenta é paga e existem nos mais variados valores, entretanto, existem sim ferramentas totalmente gratuitas como a Mailchimp, por exemplo.

Além disso, o retorno financeiro costuma ser bem grande, fazendo do e-mail marketing uma das estratégias mais implementadas pelos top afiliados.

Inclusive o próprio Alex Vargas, um dos maiores especialistas no assunto, aborda de forma simples e prática esse assunto, clique aqui e dê uma olhada. 

O principal foco do e-mail marketing para o marketing de conteúdo

Geralmente o e-mail marketing é visto como uma abordagem comercial, com a finalidade de converter vendas diretamente, e isso não está errado. Porém, a utilidade de uma boa estratégia de e-mail marketing vai muito além disso.

O e-mail é considerado como sendo algo muito mais íntimo e pessoal que os perfis em redes sociais, a prova disso é que para ter um perfil em qualquer rede social é necessário cadastrar através do e-mail.

Quando um usuário dá seu e-mail para uma empresa ou afiliado, ele também está dando livre acesso a uma parte de sua vida, permitindo que nós, afiliados, tenhamos uma forma de comunicação mais íntima.

Por isso que muitos top afiliados ao invés de investirem em conteúdo visual para seus e-mails que serão disparados, simplesmente colocam no e-mail uma boa copy de vendas , que é apenas um texto escrito de maneira informal como um amigo ou familiar escreveria, mas que também contém gatilhos mentais e técnicas específicas para fazer o usuário realizar uma ação.

Apesar dessa chamada para ação no e-mail poder ser usada para converter vendas, o e-mail marketing também pode (e deve) ser utilizado para:

Engajar o público alvo

Através de uma lista de e-mail você poderá enviar não só e-mails promocionais ao seu público alvo, como também poderá avisar a eles sobre novos conteúdos que surgirem em suas redes sociais ou blogs (o que é mais comum).

Dessa maneira, o público interessado sempre estará engajado nas suas publicações, o que facilita a implementação do gatilho mental da autoridade.

Educar o público

No marketing de conteúdo, um dos maiores enfoques está em educar o público alvo sobre um determinado assunto a fim de que eles se tornem leads, e posteriormente compres de você.

É uma das principais abordagens do inbound marketing e pode sim, ser feita através de e-mails.

Manter o contato com os leads e clientes

Você não pode simplesmente focar nos leads e esquecer dos clientes que já compraram seu produto não é verdade? Isso seria um erro gravíssimo, uma vez que os clientes já passaram pelo funil de vendas e estão mais propensos a comprarem algo de você.

Utilize o e-mail marketing para expandir sua estratégia de vendas enviando e-mail com conteúdo e promoções. Talvez até com a oferta de um produto no mesmo nicho do que já havia sido vendido.

Tudo isso vai permitir que você se mantenha próximo do público, impedindo que os leads sejam perdidos após a conversão das vendas. 

Como implementar uma boa estratégia de e-mail marketing

Agora que já esclarecemos alguns dos pontos importantes sobre o e-mail marketing, vamos falar sobre como implementar uma excelente estratégia de e-mail marketing.

Começando pelos principais tipos de e-mail que não podem faltar de maneira alguma se você deseja trabalhar com o marketing de conteúdo. Veja abaixo:

Atualizações de conteúdo

As atualizações de blog são a maneira mais simples e utilizada de engajar os leads e fazê-los interagir com o seu conteúdo, afinal, dificilmente alguém vai checar um blog toda semana para ver se existem novas postagens.

Por isso a melhor forma de resgatar a atenção do seu público é configurando e-mails automáticos que os avisem sempre que um conteúdo novo for publicado.

Esse tipo de e-mail automático é uma das melhores alternativas para começar a interagir com o seu público alvo.

Newsletter

Provavelmente você já tenha lido essa palavra em algum lugar, mas não sabe exatamente o que ela significa.

Bom, uma Newsletter nada mais é que um e-mail com periodicidade mensal ou semanal, onde um blog pode informar aos seus leitores sobre todas as publicações feitas dentro daquele período.

Essa também é uma excelente maneira de engajar o público que fica incomodado com os e-mails constantes, utilizando a Newsletter você enviará apenas um ou dois e-mails por mês, o que não vai incomodar tanto os leads mais exigentes.

Convites

Utilizar a lista de e-mail para convidar seu público alvo para eventos que você está organizando ou ajudando a organizar. Claro que isso é algo incomum para afiliados, sendo mais utilizado por empresas de grande porte, mas vale a pena ressaltar que é possível implementar essa estratégia via e-mail marketing.

Promoções e ofertas

Outra forma muito interessante e que certamente não pode faltar na sua estratégia de e-mail marketing são os e-mails com promoções e ofertas para converter vendas.

Esse tipo de e-mail é muito comum e um dos mais utilizados para converter leads que não compraram no primeiro momento em clientes.

É uma forma de “resgate de vendas” e acredite, ela funciona muito bem! Entretanto, existem algumas regras básicas para implementar e-mails com promoções e ofertas a sua estratégia de marketing de conteúdo.

A mais importante é que você nunca deve mandar ofertas e promoções de produtos com nichos diferentes, o motivo disso é mais do que claro, os leads interessados no produto A não são interessados no produto B.

Por isso se o seu nicho é emagrecimento, mantenha as ofertas restritas a esse nicho.

Caso você trabalhe com diversos nichos, é muito importante separar as listas de e-mail para que não ocorram erros que podem custar vendas.

Construindo uma lista de e-mail marketing

Por mais que pareça algo complexo, construir sua lista de e-mails é fundamental para o crescimento do seu negócio no marketing digital. Existem sim, desafios que precisamos vencer para ter uma lista de e-mails sempre atualizada.

Segundo pesquisas, as listas de e-mails têm uma tendência a diminuir cerca de 22% ao ano, isso acontece basicamente porque os usuários trocam de e-mail ou pedem para serem retirados da lista de e-mail.

Então sempre vai existir a necessidade de atualizar a lista de e-mail, sempre focando na conversão de novos leads para que sua lista de e-mail cresce a cada ano, ao invés de diminuir.

É possível comprar uma lista de e-mails?

Infelizmente a resposta é sim, as listas de e-mail podem ser compradas. Entretanto, isso é um erro muito grande que além de atrapalhar o seu negócio vai queimar sua imagem e reputação como afiliado.

Como eu disse no início dessa postagem, o e-mail é algo pessoal. Isso significa que ao converter um lead, essa pessoa escolher interagir com você e te deu permissão para enviar e-mails.

Mas quando compramos uma lista de e-mail, as pessoas que receberam seus e-mails não deram essa permissão e nem conhecem você, o que significa que todo o tempo investido na estratégia de e-mail será jogado fora como um simples spam.

Como construir sua própria lista de e-mail marketing

Apesar de criar uma lista de e-mails ter sim sua complexidade, não é lá esse “bicho de 7 cabeças” que os iniciantes acreditam que é. Se você utilizar as técnicas e gatilhos mentais corretos, sem dúvida alguma vai conseguir uma lista de e-mail rapidamente.

Use uma isca para converter leads

As iscas digitais são muito populares e úteis na criação de uma lista de e-mails. Essas iscas digitais podem ser praticamente qualquer coisa, desde um desconto na compra de um produto até um e-book exclusivo, o mais importante é a qualidade e o valor que essa isca deve agregar.

Lembre-se que será ela o impulso necessário para que seu público seja convertido em leads.

Mantenha a base de conteúdo

A base de conteúdo são as postagens relevantes que você faz em seu blog, afinal, não adianta nada ter uma excelente estratégia de e-mails e uma isca digital de qualidade se o seu blog não tem nenhuma visita não é mesmo?

Então não se esqueça do conteúdo relevante e de implementar uma boa estratégia de SEO para que seu blog seja encontrado na web. Somente dessa forma é possível criar uma lista de e-mail e mantê-la sempre atualizada.

Não resta dúvidas de que o e-mail marketing é fundamental para a conversão das vendas, quando implementada a uma estratégia de marketing de conteúdo, é uma das melhores formas de se tornar um top afiliado.

Mãos a obra

Agora que você já sabe o tudo sobre e-mail marketing te convido a arregaçar as mangas e começar sua lista de e-mail, portanto se pretende começar algumas opções de empresas pagas são:

  • Leadlovers;
  • Getresponse;
  • E-goi;
  • Aweber;
  • Klicksend.

Muito obrigado por ter lido essa postagem até o final e não se esqueça de dar uma olhada nas outras postagens sugeridas para não perder nenhuma dica importante.

(Visited 34 times, 1 visits today)

Tags: |

Veja os 8 passos para começar a empreender hoje mesmo.

Veja os 8 passos para começar a empreender hoje mesmo.

Veja o passo a passo para começar seu negócio agora mesmo!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Dan Reis
Dan Reis

Já trabalhei e estudei em diversas áreas, de química a tecnologia da informação, mas foi no fim de 2017 que me encontrei, descobri que o que eu gosto é empreendedorismo. Atuo desde então como empreendedor digital e minha vida mudou, mudou para melhor. Passei a fazer algo que gosto, ou melhor amo. Em 2019 percebi e me comprometi a compartilhar tudo o que eu aprendi (e ainda aprendo) para as pessoas que tem do mesmo desejo: Ser empreendedor.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.