fbpx

Está pensando em que negócio abrir em uma cidade pequena e não faz a menor ideia de como escolher a melhor opção?

Então, neste post, separamos uma série de dicas, recomendações e ideias que podem mudar a forma de você pensar e dar os primeiros passos em direção ao seu futuro.

Não perca mais tempo, pegue o seu bloco de notas e comece agora mesmo a conferir.

Boa leitura!

Negócio em cidades pequenas valem a pena?

Que negócio abrir em uma cidade pequena?

Muitas vezes, ao morar em uma cidade menor ou do interior por exemplo, muitas dúvidas surgem em relação ao que fazer para ganhar dinheiro.

Afinal, por serem cidades menores, o fluxo de caixa também vai ser menor e a demanda é pequena, seguindo o número de moradores.

Ainda que não seja uma regra, muitas vezes, começar um negócio pode não ser atrativo e até lucrativo, ou seja, você precisa pensar muito antes de começar.

Entretanto, as cidades pequenas também trazem a possibilidade de você atender um público que busca algo em outra cidade.

Isso porque, assim como você já pode ter pensado, outras pessoas desistem de abrir uma empresa e o público fica com aquela ideia em falta.

Desse modo, se trata de uma balança que precisa estar em constante equilíbrio.

Neste cenário, é mais importante saber que negócio abrir em uma cidade pequena do que propriamente pensar se vale a pena ou não.

Em suma, o tipo de negócio vai definir os resultados.

Geralmente, pode sim ser uma opção de renda extra fácil e rápida, mas que também pode funcionar a longo prazo e fazer com que você dê início a algo ainda maior.

Que negócio abrir em uma cidade pequena – 5 dicas que vão mudar a sua vida

Sabendo que começar algo em uma cidade pequena pode ou não dar certo, conhecer cada um dos passos abaixo pode ser a melhor alternativa para fazer uma escolha de sucesso.

Saiba quem é você naquele ambiente:

Não é segredo as cidades menores ainda preservam o hábito de seguir uma determinada estrutura familiar.

Como escolher que negócio abrir em uma cidade pequena?

Logo, é comum que os filhos tenham o mesmo emprego ou negócio dos pais ou mesmo que sejam reconhecidos pela sua família.

Certo, isso não é uma regra e também não deve ser uma limitação, mas sim algo a ser observado.

Por exemplo, se na cidade você é conhecido como um indivíduo inconsequente e que arruma problemas, as chances de alcançar o sucesso abrindo um negócio são complicadas.

Em geral, as pessoas levam tempo para confiar na sua ideia e podem acabar pensando em outras histórias, pesando a sua reputação antes de ir até o seu negócio.

Justamente por isso, antes de dar os primeiros passos, muitas pessoas começam mudando outras características como por exemplo se relacionar melhor com as outras pessoas e parar de se meter em problemas.

O peso do mercado na hora de que negócio abrir em uma cidade pequena:

Se a sua cidade tem um determinado número pequeno de pessoas e já possui dois mercados, as chances de um terceiro mercado ter um bom lucro não são tão boas assim.

Seguindo essa linha, é preciso pensar que existe sim um peso do mercado que deve ser avaliado.

Neste aspecto, é preciso pensar em três questões:

  • Se os estabelecimentos são franquias grandes ou locais;
  • Avalie os preços;
  • Avalie a quantidade de opções que o cliente tem.

A lei da oferta e demanda é algo real e que precisa ser pensada com clareza na hora de você começar a montar uma ideia.

Desse modo, se a sua cidade já está sobrecarregada com um determinado tipo de comércio, abrir mais um do mesmo pode não ser uma boa escolha.

Por outro lado, você tem a opção, seguindo o exemplo, de abrir um novo mercado, mas apostar em preços melhores, maior variedade de produtos e outras facilidades.

Entenda que o público quer algo novo:

Que negócio abrir em uma cidade pequena?

Grande parte das cidades menores sofrem com o mesmo mal: não tem negócios realmente interessantes que atraiam a atenção do público.

Basta pensar, por exemplo, em todas as cidades pequenas que possuem uma cidade maior próxima, mesmo que não seja tão perto assim.

Os moradores podem começar a viajar para comprar aquilo que querem e precisam simplesmente porque na cidade em que moram não tem ou os preços são absurdos.

Uma realidade é que o público realmente quer algo novo, quer consumir algo diferente e ama novidade.

Ou seja, entramos novamente naquela ideia de que abrir a exata coisa que já existe não é sucesso. Você precisa, pelo menos, se diferenciar por algo.

Exemplo clássico disso são as sorveterias de franquias, como o Chiquinho Sorvetes, que, mesmo com preços até acessíveis, ainda não estão presentes em diversas cidades brasileiras.

Logo, se trata de um produto que as pessoas gostam, tem interesse, remete a modernidade e que, mesmo com essas vantagens, é uma ideia muitas vezes excluída.

E porque essa exclusão?

Porque muitos comerciantes passam a pensar que as cidades menores precisam de comércios que sejam funcionais e necessários, quando elas bem podem comportar algo novo, voltado para o prazer.

Então, na busca de que negócio abrir em uma cidade pequena, pense nessa balança do prazer e mostre ao público algo que seja novo, que não tenha ali ou que remeta as cidades grandes.

Na hora de escolher que negócio abrir em uma cidade pequena, faça uma pesquisa de mercado:

Basicamente, a pesquisa de mercado serve para entender melhor o que o público quer.

Dessa forma, você consegue entender o que está em falta e atrair justamente as pessoas que estão cansadas de correr para outras cidades.

Porém, é preciso ir além da famosa pergunta “o que você gostaria que a sua cidade tivesse” para também entender o porquê e o como exatamente isso funcionaria.

Por exemplo, suponha que você queira abrir ou tenha conhecimento na culinária e sabe que já existem alguns restaurantes na cidade.

A dica é começar a perguntar para as pessoas se existe algum tipo de comida que elas procuram, quais são as vantagens e desvantagens do concorrente bem como fazer uma tabela de preços.

Lembre-se que em cidades pequenas o custo de vida costuma ser menor, bem como o quanto as pessoas recebem.

Então, é preciso ter calma quanto a isso.

Tente conversar com diversos grupos diferentes e, quando possível, faça uma pesquisa mais estrutura ou mesmo enquetes nas redes sociais, caso tenha um bom número de amigos/seguidores.

Que negócio abrir em uma cidade pequena em pouco tempo:

A grande verdade sobre que negócio abrir em uma cidade pequena é que, qualquer uma das três coisas abaixo pode acontecer:

  • Sucesso rápido e continuo;
  • Grande sucesso, mas que reduz com o tempo;
  • O sucesso não acontece.

Uma série de fatores podem contribuir para que isso ocorra, sendo que o mais comum é que você tenha um pico de sucesso seguido por momentos ruins.

Em geral, isso está atrelado a ideia de novidade.

Em outras palavras, as pessoas acabam consumindo aquilo que você vende em pouco tempo, por ser algo novo, mas logo em seguida isso é reduzido e faz com que você acabe tendo um fluxo menor.

Pensando em um resultado de pouco tempo, é comum que o setor de alimentação seja um dos mais indicados.

Outra opção são os de cuidados básicos, como estética, já o mercado de vendas gerais, como roupas, pode ter uma dificuldade maior para competir com demais lojas locais.

E o que fazer para ter o sucesso a longo prazo?

Bom, o sucesso a longo prazo é um equilíbrio constante entre qualidade do que é oferecido, preços e demais.

Por exemplo, se você vai vender marmitas, é preciso que a sua comida se destaque entre os demais e ainda tenha um preço bom.

Já para cobrar mais que os concorrentes, a sua comida precisa ser considerada a melhor da região.

Neste exemplo, formato de armazenamento, entrega, itens extras como garfos, e outros podem influenciar no resultado mensal.

Dica

Existem diversas franquias que podem ser abertas em cidades pequenas e trazem facilidades.

Afinal, essas franquias já contam com um nome, o que facilita a venda, e geralmente produtos e preços são tabelados, o que também pode tornar o trabalho mais simples.

Ideias de negócios para cidades pequenas

Depois de conhecer algumas dicas de que negócio abrir em uma cidade pequena, mais propriamente na questão de processo inicial, existem algumas dicas que podem lhe ajudar.

Entretanto, é preciso pensar que essas dicas funcionam como uma bússola, mas que você deve pensar naquilo que gosta, tem talento ou realmente tem o básico para montar.

Setor alimentício:

O setor da alimentação é um dos mais recomendados para cidades pequenas, já que é comum que as opções sejam bastante escassas.

Além do mais, você pode aproveitar diversos setores diferentes da culinária, como salgados, doces ou comidas típicas, como mexicana, japonesa e etc.

Um destaque para o setor alimentício são os food trucks, que atraem cada vez mais as pessoas, são mais fáceis de montar, geralmente tem um investimento inicial baixo e ainda, em alguns, você pode se locomover.

Inclusive, temos um post especial de ideias de negócios com baixo investimento que você pode gostar, vem conferir aqui!

Artesanato e personalização:

Outros setores que vem crescendo nas cidades pequenas são os de artesanato e personalização, sejam de roupas e outros itens.

Esse mercado cresce, principalmente, pela possibilidade de apresentar algo novo a cada produção, de acordo com o gosto do cliente e até vender pela internet.

Venda de roupas e acessórios:

Ainda que não seja sempre as primeiras opções, a venda de roupas e acessórios pode ser uma boa quando você apresenta algo novo ou por um preço mais acessível.

Neste aspecto, se destaca a venda de itens por encomenda, como importados, ou mesmo a revenda, através de fornecedores.

Clinicas de estética e semelhantes:

Uma das principais escolhas de que negócio abrir em uma cidade pequena são as clinicas de estética e outras, como salões de beleza.

Isso porque, esse tipo de mercado sempre tem uma alta procura e é comum que cidades menores não tenham esse tipo de serviço.

Creches e babás:

Onde há gente, há criança e, como resultado, há pessoas que precisam de outras para cuidar dos pequenos durante a jornada de trabalho.

Justamente por isso, as mini creches e o serviço de babá, que é bastante antigo, vem crescendo novamente, principalmente nas cidades menores, com poucas opções de cuidadores.

O mundo da tecnologia:

Outra possibilidade de que negócio abrir em uma cidade pequena são aquelas voltadas para a tecnologia.

Neste cenário, surgem os trabalhos online, como os freelancers, ou mesmo aqueles capazes de fazer pequenos consertos.

Vale dizer que o mercado de conserto de celulares e computadores, incluindo instalação e formatação, cresceu muito nos últimos anos.

Ainda existem outros setores que podem ter bons resultados, como os de design, jardinagem, academias e outros. Vale a pena analisar antes de fazer a sua escolha.

Que negócio abrir em uma cidade pequena – A verdade que não te contaram

Para finalizar esse post, é preciso pensar que existe um grande segredo por trás de que negócios abrir em uma cidade pequena e conseguir ter o retorno financeiro que você busca.

Esse segredo é o atendimento munido de tudo o que ele tem, incluindo assistência, conversa, esclarecimentos e marketing.

Em outras palavras, você precisa saber que a forma como você atende o público é uma das bases de sucesso para qualquer questão.

Principalmente em cidade menores, as notícias circulam rápida e, um mal atendimento, pode comprometer novos clientes e fazer com que a sua ideia fique estagnada.

Independentemente de você trabalhar sozinho ou em equipe, sempre tenha em mente que atender o público bem, ter canais de comunicação nas redes sociais e responder dúvidas ou resolver problemas deve ser algo diário.

Com isso, você já faz um marketing excelente do seu negócio, focado no cliente, e ainda consegue ter resultados melhores em campanhas e outras ações que acontecem ao longo dos meses.

Então, ficou com alguma dúvida?

Comenta aqui embaixo para que eu possa lhe ajudar ou compartilhe essa ideia.

Além disso, compartilhe a sua experiência ou suas dicas pessoais, vou adorar saber mais.

Até o próximo post!

(Visited 76 times, 1 visits today)

Tags: |

Veja os 8 passos para começar a empreender hoje mesmo.

Veja os 8 passos para começar a empreender hoje mesmo.

Veja o passo a passo para começar seu negócio agora mesmo!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Dan Reis
Dan Reis

Já trabalhei e estudei em diversas áreas, de química a tecnologia da informação, mas foi no fim de 2017 que me encontrei, descobri que o que eu gosto é empreendedorismo. Atuo desde então como empreendedor digital e minha vida mudou, mudou para melhor. Passei a fazer algo que gosto, ou melhor amo. Em 2019 percebi e me comprometi a compartilhar tudo o que eu aprendi (e ainda aprendo) para as pessoas que tem do mesmo desejo: Ser empreendedor.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.